LOGIN ASSINANTES REGISTAR   Visite a nossa página no facebook. Visite a nossa página no Instagram.
EDUCAÇÃO
ARTE & CULTURA
SAÚDE / BEM-ESTAR & BELEZA
MODA
PÁGINA SOLIDÁRIA
DESPORTO
VIAGENS
ECONOMIA & NEGÓCIOS
ECOLOGIA & SUSTENTABILIDADE
PERSONALIDADES
EVENTOS
SOBRE A REVISTA
EDIÇÃO ONLINE
ASSINATURAS
PARCEIROS
CONTACTOS
Educação Arte & Cultura Saúde / Bem-Estar & Beleza Moda Página Solidária Desporto Viagens Economia & Negócios Ecologia & Sustentabilidade Personalidades
LOGIN ASSINANTES REGISTAR   Visite a nossa página no facebook. Visite a nossa página no Instagram.
EDUCAÇÃO
ARTE & CULTURA
SAÚDE / BEM-ESTAR & BELEZA
MODA
PÁGINA SOLIDÁRIA
DESPORTO
VIAGENS
ECONOMIA & NEGÓCIOS
ECOLOGIA & SUSTENTABILIDADE
PERSONALIDADES
EVENTOS
SOBRE A REVISTA
EDIÇÃO ONLINE
ASSINATURAS
PARCEIROS
CONTACTOS
Educação Arte & Cultura Saúde / Bem-Estar & Beleza Moda Página Solidária Desporto Viagens Economia & Negócios Ecologia & Sustentabilidade Personalidades
20 de janeiro de 2019 LOGIN ASSINANTES REGISTAR   Visite a nossa página no facebook. Visite a nossa página no Instagram.
20 de janeiro de 2019  
Revista Mulher Africana
Até já Valentina Guebuza


Publicado a 19 de dezembro de 2016 por Mulher Africana


A Revista Mulher Africana perdeu uma amiga: Valentina Guebuza. Aos 36 anos de idade, a empresária moçambicana foi vítima de violência doméstica. Não resistiu aos ferimentos após ter sido atingida por quatro tiros pelo próprio marido no dia 14 de dezembro. Valentina Guebuza era mãe de uma menor de apenas ano e meio. O país ficou em choque pela morte da filha do ex-Presidente de Moçambique, Armando Guebuza, o empresário que muito cedo confiou a gestão dos negócios da família à Valentina. 

Com um percurso extraordinário enquanto estudante e trabalhadora, Valentina Guebuza era conhecida pela forma arrojada como olhava para a vida, apesar de ser filha de quem era. Quando foi fazer o curso de Engenharia Civil na África do Sul, país que dista duas horas de carro de Moçambique, Valentina não se coibiu de trabalhar para pagar algumas despesas inerentes à escola. Mesmo tendo consciência do sucesso empresarial do pai e sabendo que bastava uma ligação à família, em Maputo, para que o pai a socorresse em caso se necessidade, Valentina Guebzua decidiu trabalhar num restaurante.

No fim da licenciatura, pediu para estagiar numa empresa de Engenharia Civil, de modo a ganhar experiência prática na área de consultoria.

Graças à perspicácia para negócios, muito cedo ganhou confiança da família. Com pouco mais de 25 anos, Valentina Guebuza passou à presidência do Conselho de Administração da Focus 21, a holding da família que congrega diversas empresas.

Era, também, presidente do Conselho de Administração da Startimes, a empresa responsável pela conversão de sinais de televisão, do analógico para o digital.  

A morte de Valentina Guebuza reacendeu o debate sobre a forma violenta como as mulheres são tratadas pelos homens em várias partes do mundo.

No velório, a família do marido pediu desculpas à família Guebuza e reconheceu o acto vergonhoso e revoltante do seu filho. Em resposta, a família de Valentina, que crê nas escrituras sagradas, que dizem haver vida para além da morte, respondeu: "Aqueles  que amam a Deus não temem a morte e é assim que nos consolamos uns aos outros”.


Ampliar
Publicado a 19-12-2016 por Mulher Africana
OUTROS ARTIGOS DE INTERESSE NA CATEGORIA PERSONALIDADES
Denis Mukwege, o médico que defende as mulheres
O seu maior sonho é acabar com as violações na República Democrata do Congo, mas enquanto isso não acontece dedica-se, há 16 anos, a dar algum conforto a mulheres, jovens e até crianças violadas e mutiladas.
Women of Inspiration - Internacional TalkShow
22 de Outubro - Lisboa
George Clooney quer travar os senhores da guerra.
O actor norte-americano, um defensor acérrimo dos direitos humanos, quer descobrir e denunciar quem está a lucrar com a guerra e corrupção no continente africano.
Paulo Neto reeleito vice-presidente
Advogado português reeleito para a maior associação internacional de advocacia
Carlos do Carmo foi distinguido com um Grammy

Pub



ÚLTIMA EDIÇÃO
JÁ DISPONIVEL







Pub



MULHER AFRICANA

Sobre a Revista
Edição Online
Assinaturas
Parceiros
Contactos
ARTIGOS

 Educação
 Arte & Cultura
 Saúde
 Bem-Estar & Beleza
 Organizações Não Governamentais
 Desporto
 Viagens
 Economia & Negócios
 Ecologia & Sustentabilidade
 Personalidades
ASSINATURAS

Login Assinantes
Assinar Revista
ACERCA

 Política de Privacidade
 Termos & Condições
 Como Anunciar
 Mapa do site
CONTACTOS

PORTUGAL
Rua Eng. Ferreira Dias nr, 161 Sala 301
4100-247 Porto

ANGOLA
Editora / Sede
Avenida dos combatentes
Rua Manuel Van-dunen
Edificio 309 - Entrepiso
Luanda

Telefone
(+244) 222 721 245

Email
geral@revistamulherafricana.com
assinaturas@revistamulherafricana.com
comercial@revistamulherafricana.com

Directora Geral
Isabel Manique

isabel.manique@revistamulherafricana.com

Directora Marketing e Comunicação
Karina Martins

karina.martins@revistamulherafricana.com



Siga-nos nas Redes Sociais

Visite a nossa página no facebook.    Visite a nossa página no Instagram.

© 2019 Revista Mulher Africana - Todos os direitos reservados.
  Designed & Powered by

Mozzaic - Cloud Services - Serviços internet, que crescem com o seu negócio.