• Blog Post 1

George Clooney quer travar os senhores da guerra.

O actor norte-americano, um defensor acérrimo dos direitos humanos, quer descobrir e denunciar quem está a lucrar com a guerra e corrupção no continente africano.


George Clooney juntou-se ao ex-director do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos e activista John Prendergast num novo projecto de defesa dos direitos humanos. O The Sentry, assim se chama a iniciativa, pretende desmascarar os chamados senhores da guerra de países como República Democrática do Congo, República Centro Africana, Sudão e Sudão do Sul.

Nesta missão, os activistas esperam contar com o apoio de todos, apelando até às denúncias anónimas no site thesentry.org para descobrirem quem financia e está a ganhar com as guerras que assolam alguns países africanos há já alguns anos. "A paz e os direitos humanos ganharão quando as pessoas que beneficiam da guerra pagarem um preço pelos danos causados", afirmou o actor em comunicado. Já Prendergast referiu que, como a diplomacia tem falhado, tem que se fazer com que a guerra seja mais cara do que a paz, o que até agora não acontece, pois há sempre alguém a ganhar com os conflitos. Atrás desse dinheiro sujo estão quase sempre redes de contrabando, tráfico de ouro, diamantes e marfim, como realçaram os dois activistas na apresentação do The Sentry.

ARTIGOS RELACIONADOS





Isa Barão – Oradora da Tertúlia

Testemunhos Aniversário Revista Mulher Africana

Ler Artigo

Loraine Andrade – (Angola)

Testemunhos Aniversário Revista Mulher Africana

Ler Artigo

Antonieta Almeida – Estilista

Testemunhos Aniversário Revista Mulher Africana

Ler Artigo